domingo, 30 de junho de 2013

FONTE DE ARETUSA

OS ABÊBERAS

Monforte dos abêberas a mansão,
junto à Ribeira Grande situada...
um altaneiro monte é o seu chão
que de heróis e poetas é morada.

Do Alentejo antigo bastião
por anéis de muralhas bem cercada...
Nenhum conquistador lhe pôs a mão,
a todos fez bater em retirada.

Hoje é flor na campina soalheira,
o trabalho é o seu dom e o seu lema
as portas do futuro as suas metas...

Monforte é, sempre, terra hospitaleira...
Suas ruas e praças são poema.
E "Fonte de Aretusa" dos poetas.

Matos Serra in, O Alentejo, as Terras e as Gentes.

Sem comentários:

Enviar um comentário